12 dicas para envolvimento virtual significativo para organizações sem fins lucrativos

Com uma pandemia global varrendo o globo, eventos virtuais se tornaram o novo normal. Durante grande parte de 2020, escritórios, lojas de varejo, ginásios e outros centros públicos fecharam à medida que todos os países do mundo colocavam em prática regulamentos de bloqueio para reforçar o distanciamento social e manter seus cidadãos seguros. Essa nova realidade deu início a uma transição das interações face a face para os compromissos virtuais. 

Como tal, várias empresas mudaram para o espaço digital para alcançar e se conectar com sua base de consumidores. No entanto, embora essa mudança tenha sido simples para alguns, outros acharam um pouco desafiador. Por exemplo, organizações sem fins lucrativos, que prosperam em eventos pessoais, como jantares para arrecadação de fundos e shows de arte de caridade, lutam para encontrar maneiras de interagir com doadores, patrocinadores e voluntários online. 

Este artigo fornecerá algumas dicas de engajamento virtual para ajudar essas organizações filantrópicas a se conectar com seus membros e continuar suas atividades voltadas para a comunidade, apesar das restrições aos encontros pessoais. Aqui estão algumas de nossas recomendações: 

 

12 dicas de engajamento virtual Surefire para organizações sem fins lucrativos

 

1. Seja claro e empático na comunicação

O último ano foi bastante desafiador para todos, pois lutamos contra circunstâncias que provavelmente nunca enfrentamos em nossas vidas. Como tal, é crucial que, ao falar com seus patrocinadores e doadores on-line, você o faça com empatia. 

A comunicação empática permite que seus membros saibam que, além de sua participação em projetos comunitários com sua organização, você se preocupa com seu bem-estar e os vários desafios que enfrentam durante a pandemia. Você também pode usar essas interações para perguntar a eles sobre suas opiniões, preocupações e pensamentos sobre projetos em andamento e futuros e como podem abordá-los juntos. 

2. Analise os dados e faça mais do que funciona 

Várias organizações de caridade encontraram maneiras de navegar pelos efeitos adversos da pandemia e continuar seus compromissos com a comunidade. Ajudaria se você fizesse a devida diligência para descobrir como essas instituições têm se mantido. 

Fale com alguns deles que fazem parte de sua rede e descubra o que tem funcionado para eles e como eles conseguiram manter contato com seus parceiros e dar continuidade a seus projetos filantrópicos. Sessões de feedback virtual são uma maneira de manter a conversa sobre ideias entre seus colegas do setor. Você também pode experimentar algumas campanhas de engajamento digital na mídia social, blog e site do seu grupo, analisar os resultados e fazer mais métodos e técnicas que deram certo.

3. Crie oportunidades significativas para conexão

É essencial criar oportunidades para que seus patrocinadores, voluntários e outros membros do grupo se conectem e interajam enquanto estão presos em casa. Cúpulas regulares, sessões de happy hour, sessões de apoio em grandes reuniões e bate-papos no café com funcionários de alto nível são a melhor maneira de fazer isso. 

4. Torne-o educacional e agregue valor 

Conteúdo educacional valioso deve formar uma parte central de suas sessões interativas. Aulas de culinária, aulas de ginástica e sessões informativas de perguntas e respostas com seus voluntários e patrocinadores são alguns dos programas que você pode incorporar em suas reuniões virtuais. Essas sessões educacionais podem ajudar seus membros a navegar pelos regulamentos de estadia em casa que prejudicaram suas atividades sociais diárias. 

Além disso, certifique-se de que o conteúdo educacional que você traz para suas reuniões virtuais esteja alinhado com a missão da sua fundação. Por exemplo, Food for Life Global concentra-se no combate à fome infantil, fornecendo comida vegana para crianças famintas em todo o mundo. Como tal, incorporar aulas sobre como cozinhar refeições saudáveis ​​faz sentido para nós. 

5. Construa um nicho comunitário 

Coração vermelho pintado nas mãos

Comunidades de nicho virtual são uma excelente forma de promover a interação e a responsabilidade entre os membros de sua organização sem fins lucrativos. Você pode separar voluntários e parceiros em grupos diferentes para manter contato e fazer o check-in uns com os outros, além de monitorar seu progresso e marcos durante os projetos comunitários. 

6. Mantenha-o interessante e envolvente

Quando se trata de envolvimento online, é sempre importante adicionar um pouco de diversão ao mix. Torne as coisas emocionantes ao incorporar atividades como concursos de adesivos, competições de histórias de palavras, desafios de fotografia no Instagram e listas de leitura. Essas iniciativas ajudam a criar oportunidades para interações ativas entre seus apoiadores e voluntários. 

7. Crie experiências 

Uma das melhores dicas de engajamento para eventos virtuais é incorporar conteúdo que crie experiências imersivas para os convidados. Por exemplo, se você está organizando um encontro ou conferência online para acabar com a fome infantil para sua organização de caridade, você pode incluir tours virtuais, apresentações musicais, aulas de ginástica e workshops como parte da programação do programa. 

Essas atividades são envolventes e criam uma experiência memorável para seus convidados. Por exemplo, na Food for Life, organizamos o Come Alive Summit, um evento virtual que proporcionou uma experiência imersiva para nossos parceiros por meio de 12 horas de conteúdo envolvente e interativo. 

8. Destaque Pessoas 

À medida que passamos por esses tempos difíceis juntos, é essencial valorizar os voluntários e doadores que estiveram na vanguarda dos projetos comunitários para sua organização antes e durante a pandemia. As instituições de caridade existem para melhorar vidas e tornar o mundo um lugar melhor. Ao celebrar seus parceiros, você dá a eles a oportunidade de também vivenciar seu trabalho humanitário.

Você pode receber mensagens especiais durante reuniões online ou começar um prêmio de patrocinador do mês nas contas de mídia social do seu grupo. Se você tiver o endereço de e-mail de alguns de seus membros, os e-mails privados para mostrar sua gratidão também podem ser muito úteis. Você pode até destacar as pessoas que são impactadas pelo seu trabalho. Isso fornece um ângulo humano e empático em uma plataforma virtual que muitas vezes não existe.

9. Colabore com diferentes partes interessadas

Conseguir que diferentes stakeholders participem de seus eventos online é outra ótima dica de engajamento virtual. Você pode convidar músicos, artistas e líderes do setor de várias áreas que apóiam sua causa para falar com seus parceiros durante seus eventos online. 

10. Receba ajuda da Rede de Voluntários

Embora possa ser tentador fazer tudo sozinho, geralmente é melhor não tentar fazer tudo sozinho. Em vez disso, peça a ajuda de alguns de seus voluntários e membros da equipe para ajudá-lo a fazer um brainstorm, planejar e organizar as atividades virtuais da sua organização sem fins lucrativos. 

Peça-lhes ajuda e permita que lidem com sessões em que interagem com outros parceiros e membros do grupo. Dessa forma, você não se sobrecarrega com muitas tarefas. Você também aprofunda a conexão entre voluntários, doadores, membros e parceiros, à medida que eles interagem entre si, e não apenas com você. 

11. Crie conteúdo

Educar o conteúdo da mídia social é uma ótima ferramenta para promover o engajamento e a interação entre os parceiros da sua organização. Embora nem sempre você faça reuniões virtuais, ainda pode criar conteúdo enriquecedor nas plataformas de mídia social do seu grupo que mostram sua missão e projetos anteriores / em andamento. 

Felizmente, existem vários formatos para escolher, incluindo imagens, vídeos, gráficos e textos. Como tal, você pode ser versátil no tipo de conteúdo que cria para incentivar a interação entre voluntários e patrocinadores. Analise os dados para descobrir o tipo de conteúdo digital que irá impulsionar o engajamento de sua base e construir em torno disso.

12. Arrecade dinheiro para caridade online 

Para organizações sem fins lucrativos, arrecadar dinheiro para projetos filantrópicos sempre envolveu eventos presenciais. No entanto, com as restrições de bloqueio que mantêm a maioria dos patrocinadores e doadores em casa, tornou-se imperativo encontrar maneiras de arrecadar fundos para projetos comunitários por meio do espaço virtual. Para a sua organização, você pode organizar eventos de arrecadação de fundos on-line onde os convidados fazem doações apesar de estarem fisicamente ausentes. 

Você também pode ter ideias para arrecadar fundos que não envolvam eventos virtuais. Um exemplo é nossa organização sem fins lucrativos Food for Life Global, a maior organização de ajuda alimentar vegana, permitindo que os doadores contribuam para o seu Programas de alívio de desastres através de seu site. 

Conclusão 

Embora os regulamentos de bloqueio tenham impedido muitas das atividades das organizações sem fins lucrativos, ainda existem oportunidades para engajamentos, interações e trabalho filantrópico significativos usando o espaço virtual. Com as dicas deste artigo, sua organização de caridade pode permanecer ativa enquanto o mundo navega para sair da pandemia do coronavírus.

Você pode ajudar!

https://ffl.org/wp-content/uploads/2019/10/6Billionmeals-2.jpg
Apoie o importante trabalho da Food for Life Global para atender sua rede internacional de mais de 200 afiliadas em 60 países.
O Food for Life Global é uma organização de caridade 501 (c) (3), EIN 36-4887167. Todas as doações são consideradas dedutíveis de impostos, sem quaisquer limitações à dedutibilidade aplicáveis ​​a um determinado contribuinte. Não foram fornecidos bens ou serviços em troca de sua contribuição.
A principal missão da Food For Life Global é trazer paz e prosperidade ao mundo através da distribuição de refeições puras à base de plantas, preparadas com intenção amorosa.

Escrever um comentário